História

A busca principal do projeto, em início era um correto alinhamento de fatores que trouxessem aceitação de práticas agroecológicas dos alunos relacionando-as com as categorias geográficas. Foi no segundo semestre de 2011, com o ingresso ao estágio de auxiliar de Regência em Geografia e a criação da horta em âmbito escolar que o projeto pôde ter inicio prático: o Reativar Ambiental ganhou eixo realizável fora do papel.

A idealização do projeto na internet por sua vez, partiu da união de grandes CyberAtivistas do grupo com o objetivo de disseminar o que acontecia sobre a vertente ambiental no mundo, através da postagens de imagens sobre bem estar, da própria Reativar Horta, ou mensagens sobre alimentação saudável e vida equilibrada. No período de 2011 - 2013 mantivemos uma horta com a média de 20 alunos ativos, onde desenvolvemos trabalhos voltados as práticas da agricultura inclusiva, conscientização e bem estar. Temos bastante orgulho de influenciar muitos estudantes, para o bem.

O amadurecimento, crescimento, desligamento e inclusão de vários membros do projeto nos vez repensar e repaginar o Reativar Ambiental como um todo: Afinal, o que é Ambiental? Descobrimos que essa palavra não é e nunca será sinônimo do físico natural, das plantas, das florestas ou do "verde" que tanto ouvimos e reproduzimos. O termo ambiental é muito mais complexo e profundo, ele envolve todo o tecido social que nós, humanos, encontramos. A criação do projeto Reativar Ambiental enquanto estudante de Geografia e Saneamento Ambiental me fez dar um pontapé inicial voltado a agricultura sustentável, a inclusão dos discentes a pequenos questionamentos e ao bem-estar, porém, novas problemáticas e definições florescem e com elas, mudanças.

O Reativar Ambiental, ou Projeto Reativar Ambiental, hoje, volta-se a uma gama de assuntos; os antigos e que perpetuam como a agricultura sustentável, a alimentação saudável, a redução de agrotóxicos, os benefícios do saber popular em relação as plantas medicinais e as atividades de bem-estar. E os novos, como o incentivo a leitura, educação física, investigação cientifica e crítica, os movimentos sociais e a difusão de conhecimento pessoal. Todos esses pontos aqui levantados podem estar, sob sua análise, a mostra ou não nos nossos meios de propagação, todavia, o ponto chave, que é a difusão de educação, estará sempre a frente de nosso trabalho.

O projeto reativar como esfera educacional teve sua finalização em dezembro de 2017. Nesse mesmo ano as postagens de todos os projetos propostos foram descontinuados. Contudo, todo conteúdo  (sob formato on-line) ainda é disponibilizado e mantido para a comunidade.

Em 2020 novos projetos emergiram para o Reativar Ambiental, nos profissionalizamos e estamos tentar dar uma nova roupagem para o projeto como um todo, entregando produtos mais consistentes e de importância social.

Através da educação, reativamos qualquer ambiente.

ps: nossa história não acaba por aqui.







0 comentários:

Postar um comentário